Skip to content

Plus Size

março 30, 2010

Não é de hoje que a magreza excessiva das modelos tem sido criticada. A critica existe, mas nas passarelas ainda reinam as modelos com índice de massa corporal baixíssimo. Ví alguns editoriais com modelos Plus Size, mas a maioria esconde o corpo da mulher em roupas que não a valorizam.

A verdade é que a indústria da moda prega um conceito de beleza que muitas vezes foge do padrão. É difícil ver um anúncio de lingerie, por exemplo, que valorize as mulheres que estão acima do peso. Quem tem o quadril largo ou uma barriguinha saliente não compra roupa íntima? O corpo da mulher brasileira é cheio de curvas e uma gordurinha extra não deve ser motivo de vergonha.

A modelo Crystal Renn foge do padrão exigido pela moda.  Ex-anoréxica, chegou a pesar 43 quilos e ainda assim continuou a ouvir que precisava emagrecer mais para conseguir trabalho. Hoje está feliz da vida com seu tamanho 42, pesando 74 quilos com 1,75 m de altura. Sem contar que ela faz o maior sucesso. Já desfilou para Jean Paul Gaultier; fez editoriais para a Vogue, Elle e Harper’s Bazaar;  campanhas publicitárias para D&G e Mango. Mas o que mais chamou a minha atenção foram suas campanhas de lingerie, de extremo bom gosto.

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. março 30, 2010 5:31 pm

    Lindas as fotos!
    Sou super a favor de editoriais assim 🙂

    Beijos

  2. março 30, 2010 7:08 pm

    Não sou nada contra a modelos magras, fato é que a maioria são magras por genética (ou como alguns dizem magras por natureza) é lógico que não comem muitoo (mas, isso já é questão de educação alimentar), existem doenças SIM, mas isso já é culpa da pessoa que no lugar de ir para o caminho mais demorado, educação alimentar, vai pela dietas (dieta na realidade da ilusão que é mais rápido, mas depois que você para com a dieta volta ao peso de antes)
    Muitas pessoas dizem que são contra, mas coloca um editorial que tem uma pessoa não tão magras e um editorial com pessoas magras, qual é que as pessoas vai comprar?? O que tem com pessoas magras #fato
    NADA contra esse tipo de editorial (com pessoas não magras), mas estou só estou escrevendo meu ponto de vista sobre essa polêmica das modelos!!!

  3. março 31, 2010 2:43 am

    Acho super digno esse tipo de editorial!
    Ainda mais pelas doenças e esteriótipos que envolvem a magreza…

    Beeijos

  4. abril 2, 2010 1:13 pm

    LINDA a terceira foto, pneuzinhos and all!
    Eu já a conhecia por causa do blog Corpulent, de uma australiana que posta editoriais e fala sobre moda “acima do peso” — postando até looks eventuais. E depois a Crystal apareceu no editorial “One Size Fits All”, da V, bem interessante também.
    Eu acho meio ruim ficar com essa divisão de plus size, size 0, curvy… afinal, o padrão da indústria de moda é restrito a uma fatia mínima da população que foi beneficiada com quase 0% de gordura corporal. O resto das mulheres não são assim, mas não deixam de ser mulheres e merecem toda e qualquer atenção, sem divisões, sem preconceito. É uma graça ver mulheres “gordinhas” que tomam o papel da power woman, como a Crystal. Adorei.
    Beijos

  5. abril 7, 2010 7:28 pm

    Feliz feliz feliz, por ver a iniciativa das marcas em fazer editoriais incentivando a beleza das mulheres gordinhas. Acho que isto ajudara a mudar a visão das pessoas que querendo ou não tem preconceito em relação a beleza que os gordinhos tbem tem.
    Amei as fotos.. amei…

    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: